Sinopse

Arte e Liberdade

Lina Rosa – idealização e curadoria

Talvez você tenha lembrança da bailarina da caixinha de música. Presa à engrenagem cristalizada, a boneca roda, roda, roda. Sem jamais sair do lugar. Mas se, um dia, a bailarina pudesse fugir desse ciclo de repetição? Se ela pudesse trocar o movimento de dar corda na engrenagem pelas cordas de um marionetista libertário? E se, em vez de rodar na caixinha, ela fosse rodar por todo o Brasil?

Pois é um pouquinho disso que acontece no Sesi Bonecos do Mundo. Não somente bailarinas, mas bonecos palhaços, bonecos gigantes, bonecos acrobatas, bonecos bichos, bonecos velhinhos, bonecos bebês, bonecos de sombra e até bonecos invisíveis podem aparecer para os espectadores de todo o Brasil.

Desde 2004, o festival propõe abrir espaços cada vez maiores para o Teatro de Bonecos. Livres do condicionamento das pequenas salas, marionetes de 145 países já rodaram por todas as 27 capitais do País, sendo aplaudidas por 2 milhões de pessoas.

Em 2013, o Sesi Bonecos volta a Brasília, Campo Grande e Cuiabá. Para rodar novamente, mas não do mesmo modo. Espetáculos inéditos. Exposição de marionetes, Cenografia viva e Caixa fotográfica inéditas. Você, no meio de tudo isso, de um jeito inédito para você mesmo.

E se, mesmo com tantas possibilidades, a tal bailarina sentisse saudade da música da caixinha? Bastava ouvir os Mestres Mamulengueiros. Com zabumba, o triângulo e a sanfona deles, a tristeza passava rapidinho.